Alveolite, vamos falar sobre isso ?

Alveolite, vamos falar sobre isso ?

 Olá tudo bem com você, espero que sim, você já fez uma extração dentária e depois de três dias começou a sentir dor intensa? Esse será nosso assunto abordado hoje, chama se Alveolite…sou a Dra. Lineia Torres, sua dentista de confiança…

              A alveolite caracteriza-se por uma infecção do alvéolo, que é a parte interior do osso onde se encaixa o dente. Geralmente, uma alveolite ocorre depois de se extrair um dente e quando não se forma um coágulo sanguíneo ou este se desloca, desenvolvendo-se uma infecção por volta do segundo ou terceiro dia após a exodontia.

Sinais e sintomas da alveolite:

Os sinais e sintomas associados à presença de uma alveolite tendem a iniciar 2 a 3 dias após a extração dentária, e normalmente incluem:

  • Inicialmente, dor forte confinada ao local da extração;
  • Com o passar do tempo, aumento gradual da dor e a sua difusão para estruturas adjacentes (maxilares, face, ouvido, pescoço, etc);
  • Pequeno edema ou “inchaço” da face;
  • Eventual aumento da temperatura corporal, normalmente não passando os 38 graus;
  • Debilidade ou mal-estar geral;
  • Mau hálito acentuado (halitose);
  • Hipertrofia (aumento de volume) dos gânglios linfáticos da região;
  • Presença de líquido esbranquiçado ou “matéria branca” (pus) no interior do alvéolo (no caso da alveolite purulenta);
  • Gengiva circundante à zona da extração muito vermelha, edemaciada e muito sensível ao toque.

Tipos de alveolite.

1. Alveolite seca

Na alveolite seca, o osso e as terminações nervosas encontram-se expostas, causando muita dor, que é constante e pode irradiar para o rosto, pescoço e ouvido. 

2. Alveolite purulenta

Na alveolite purulenta, pode-se ver produção de pus e sangramento, o que pode ser causado por reações a corpos estranhos existentes no interior do alvéolo, provocando mau cheiro e dor intensa, mas que, geralmente, não é tão forte como na alveolite seca.

 

Tratamento:

          O tratamento consiste na administração de medicamentos anti-inflamatórios e antibióticos, depois de o dentista higienizar o local. A pessoa também deve reforçar a higiene oral em casa, complementando a escovação dos dentes com um enxaguante bucal sem álcool.

             Gostou  dessas dicas? Se sim, comente, compartilhe, seja um multiplicador de informações confiáveis e seguras.

Um grande abraço, até breve.

Dra. Lineia Torres

CRO 1379 odontoarch

86 99977 6892

3227 1661

@odontoarhdra.lineia

www.odontoarch.com.br

Deixe um comentário

ESTAMOS NO YOUTUBE