Saúde bucal do paciente com câncer

                 Olá, hoje venho aqui para falar da saúde bucal do paciente oncológico, sou a Dra. Lineia Torres, sua dentista de confiança….

                 Seria muito valioso para a saúde bucal do paciente oncológico, que antes de iniciar a quimio ou radioterapia, o paciente fosse  ao dentista para mapear possíveis cáries ou outras infecções na boca, assim tratá-las antes de começar os procedimentos oncológicos ,enquanto o estadiamento e a realização de exames complementares estão acontecendo, devemos realizar o tratamento odontológico com o objetivo de eliminar fontes de traumas, tais como aparelhos ortodônticos, dentes e/ou restaurações fraturadas e dentes decíduos em fase de esfoliação, evitando-se, assim, infecções de origem endodôntica e da mucosa bucal.

                  A quimioterapia e a radioterapia desencadeiam alguns efeitos colaterais na cavidade bucal deixando os dentes, a gengiva e a mucosa sensíveis. Entre as queixas frequentes estão a perda de paladar e o surgimento de mucosite (feridas), xerostomia (boca seca), candidose (infecção por fungos conhecida como sapinho) e cárie de radiação, Outro problema irreversível é o dano ao esmalte dos dentes causados pelos ácidos estomacais, já que a maioria dos pacientes em tratamento vomitam.

        A radioterapia, como é um procedimento mais local, depende se o paciente está tratando uma região como cabeça e pescoço. O processo pode enfraquecer a língua, glândulas salivares e causar boca seca

                 O preparo odontológico do paciente não deve gerar qualquer interferência no tratamento médico proposto, mas sim contribuir e se adequar a cada caso.

            O tratamento das lesões de cárie pode ser realizado por meio de ART (Atraumatic Restorative Treatment), ou seja, remoção de tecido cariado por meio de curetas e colocação de cimentos ionoméricos. O amálgama é contraindicado como material restaurador, pois é fonte secundária de radiação quando o paciente é submetido à radioterapia em região de cabeça e pescoço.

             Repositores de saliva ou lubrificantes orais podem auxiliar os pacientes no que tange problemas com a boca seca e falta da saliva natural.

              Nos casos de comprometimento periodontal( gengivas ), o tratamento de raspagem e alisamento radicular é indicado. Entretanto, dentes apresentando bolsa periodontal (≥ 6 mm) e/ou mobilidade excessiva devem  ser extraídos, pois, além de serem fontes infecciosas, podem ser fatores complicadores caso seja necessária a realização de exodontia após a radioterapia, em função do risco de osteorradionecrose.

                    O tratamento com laser de baixa potência também foi relatado como eficiente na diminuição da severidade e duração das mucosites em pacientes que foram irradiados ou submetidos ao tratamento quimioterápico

                    Vou sugerir algumas dicas para assegurar a manutenção da saúde bucal


. Passar fio dental,

.escovar cuidadosamente os dentes, a gengiva e a língua após as refeições usando processo escovas com cerdas macias e creme dental com flúor.
. beber água frequentemente,

 .mascar chicletes sem açúcar  

.utilizar saliva artificial
.Evite o uso de enxaguantes bucais com álcool e de palitos de dente.

.Não consuma bebidas alcoólicas ou produtos derivados do tabaco (cigarro, charuto, cachimbo e fumo para mascar).

. fazer uso de clorexidina 0,12%
. Consulte um dentista regularmente.

                Gostaram dessas dicas? Se sim, curta, compartilhe e comente, seja um multiplicador de informações positivas e confiáveis um grande abraço, ate a próxima postagem.

Dra. Lineia Torres

CRO 1379 odontoarch

86 3227 1661

86 99977 6892

http://www.odontoarch.com.br

@odontoarchdra.lineia

Deixe um comentário

ESTAMOS NO YOUTUBE